Como funciona o depósito caução para aluguel
Voltar para o blog

Como funciona o depósito caução para aluguel

Alugar uma casa ou apartamento é mais simples do que comprar, mas também exige atenção. Quem vivencia a experiência pela primeira vez pode se surpreender com alguns detalhes. Um deles é a modalidade de garantia locatícia. Mas o que é isso?
 Para alugar um imóvel é preciso dar segurança ao locador, o proprietário do imóvel. O caução para aluguel é uma opção fácil para quem não consegue se encaixar nas outras formas existentes, principalmente para quem mudou de cidade.
 
Alugando com depósito caução
O depósito caução exige um valor do inquilino já na assinatura do contrato. O futuro morador do imóvel precisa dispor de um montante, normalmente equivalente a três vezes o valor do aluguel, como forma de garantia. Esse dinheiro é depositado em poupança e representa a segurança para o proprietário no caso de inadimplência ou danos no imóvel, por parte do inquilino. Ao final do contrato, o valor é devolvido integralmente caso não haja pendências. É importante lembrar que o valor só deve ser depositado após o contrato firmado. 
 
Caução para aluguel é uma modalidade de garantia locatícia

Existe ainda outra forma de devolução desse dinheiro. Em alguns contratos, é firmado o acordo de que esse valor pagará os três últimos meses de aluguel. Nesse caso, o inquilino não recebe o dinheiro de volta, em compensação não vai precisar se preocupar com o final do período de aluguel. Em caso de renovação, o dinheiro continua na poupança até que o contrato termine.
 
As outras modalidades de garantia locatícia

A mais popular é o fiador. Quando o proprietário pede que a garantia de locação seja por meio de um fiador, ele está solicitando ao inquilino que apresente alguém que tenha um imóvel próprio e renda superior a três vezes o valor do aluguel. Essa pessoa seria a responsável em caso de atraso no pagamento do aluguel ou outros problemas que possam acontecer durante o período do contrato.
Já o seguro fiança é um serviço de uma seguradora que se responsabiliza se acontecer alguma inadimplência. Outra opção, é utilizar o cartão de crédito como garantia. Para isso, o titular do cartão precisa ter limite aprovado equivalente ou superior a três vezes o valor do aluguel. 

Dica da Soma
 
Independente da garantia exigida pelo locador é importante ler atentamente o contrato. Tanto proprietários quanto inquilinos têm direitos e deveres que devem ser cumpridos e respeitados. Se acontecer alguma coisa que atrapalhe pagamentos ou a condição do imóvel, a garantia locatícia deverá ajudar e todas as partes devem saber de tudo que está acontecendo.
 
Você conhecia sobre o depósito caução? Já encontrou essa alternativa de garantia na hora de alugar? Conte a sua experiência nos comentários!

Outros posts

  1. Vendas no mercado imobiliário sobem 17,3% no 2º trimestre

    Vendas no mercado imobiliário sobem 17,3% no 2º trimestre

    Alta na comparação com 2017 foi de 32% Sudeste liderou crescimento. As vendas de imóveis no país no 2º trimestre de 2018 apresentaram alta de 17,3% em relação aos primeiros 3 meses do ano. Na comp...

  2. Valor do imóvel comprado com o FGTS aumentará para R$ 1,5 milhão em 2019.

    Valor do imóvel comprado com o FGTS aumentará para R$ 1,5 milhão em 2019.

    O governo acaba de anunciar um pacote de medidas para estimular a compra da casa própria para a classe média. A partir de janeiro de 2019, trabalhadores que desejarem utilizar o saldo do FGTS (Fundo d...

  3. VITTA CENTER

    VITTA CENTER

    Vitta Center – um centro de saúde e bem-estar!O Vitta Center é um empreendimento que foi planejado para trazer ainda mais desenvolvimento para Santa Maria e região. Desenvolvido em conjunto com profis...

Este site utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação.